Conheça os jardins mais inspiradores do mundo

01/04/2022

Ter um belo jardim em casa tem sido parte do sonho de consumo de muitas pessoas, principalmente depois de todo o período de isolamento social enfrentado, em que os ambientes internos se tornaram a única opção de convivência.

A verdade é que as áreas verdes ganharam um valor especial, até mesmo, afetivo para quem sobreviveu à pandemia e investir num imóvel com jardim ou espaço para criá-lo virou tendência nos últimos tempos.

Conheça aqui os jardins mais inspiradores do mundo e comece a planejar o seu!

Keukenhof - Holanda



Este jardim holandês é datado do séc. XV e recebia Jacoba van Beieren, condessa do castelo, como visitante assídua para colher frutas e vegetais. O Keukenhof, na Holanda, atrai visitantes de todo mundo, devido ao parque de primavera que passou a existir desde 1949 no local.

Os responsáveis por reestruturar o jardim, no ano de 1857, foram Jan David Zocher juntamente com seu filho Louis Paul Zocher, paisagistas talentosos da Holanda.

Jardins do Palácio de Versailles – França



O Rei Louis XIV convidou André Le Nôtre para desenhar e arquitetar os jardins do seu Palácio, em Versailles. O trabalho do jovem, descendente de pai e avô jardineiros, já era notado há tempos pelo rei e tornou-se inspiração para outros designers em todo o mundo, como é o caso do Parque da Independência, no estado de São Paulo.

Nong Nooch Tropical Garden - Tailândia



No ano de 1954, o casal tailandês Pisit e Nongnooch Tansacha adquiriu algumas terras com a intenção de plantar frutas diversas. No entanto, em uma de suas viagens, a senhora Tansacha sentiu-se inspirada pelo paisagismo e decidiu criar um jardim tropical de flores e plantas ornamentais em suas terras.

Este local atrai turistas de todos os cantos do mundo desde 1980, além de contar com atrações teatrais e diversas apresentações culturais locais.

Kenroku-en – Japão



Também conhecido como o Jardim de Seis Atributos, o Kenroku-en faz referência as suas características essenciais e se encontra no entorno do Castelo de Kanazawa. Por ser bastante tradicional e privado, ele é um dos mais relevantes de todo Japão.

A sua criação se deu entre os séculos XVI e XVIII e, em 1759, sofreu um incêndio terrível. Hoje, ele é palco de visitas ao longo do ano e diversifica a sua paisagem a cada mudança de estação.

Royal Botanic Gardens, Kew - Reino Unido



O Royal Botanic Gardens é um jardim que possui mais de 50 mil espécies de plantas. A sua história remonta ao século XVIII, quando ainda era um palácio real e depois tornou-se uma instituição de estudos científicos.

A primeira adaptação foi feita pela Princesa Augusta, em 1759, e depois de muitas outras modificações, foi aberto à visitação no ano de 1840.

Kirstenbosch National Botanical Garden - África do Sul



Sendo integrante do South African National Biodiversity Institute – SANBI, o Kirstenbosch foi criado em 1903 por Harold Pearson numa fazenda pertencente ao instituto.

Primeiramente, o jardim foi todo feito de forma manual, o que torna a sua criação ainda mais inspiradora, devido aos inúmeros desafios encontrados no terreno.

Incrível, não é mesmo? Conheça agora mesmo imóveis de luxo a venda que possuem jardins impressionantes!

loading...
carregando
Atendimento Online

Insira seus dados e inicie uma conversa