Dicas para corretores iniciantes

14/04/2022

Estrear em uma nova carreira é uma mudança drástica para qualquer pessoa. É normal sentir ansiedade e um frio na barriga, mas se você se permitir ficar estressado, pode colocar tudo a perder quando é um corretor iniciante.

Saiba que a primeira impressão, tanto diante dos clientes quanto dos colegas de trabalho, é fundamental para gerar vendas e despertar o interesse no seu trabalho. Com isso em mente, criamos esse pequeno guia com 4 dicas para corretores iniciantes que podem ajudá-lo.

Confira!

1. Tome cuidado com a ansiedade



Esse conselho pode ser muito traiçoeiro. Você não deve eliminar a ansiedade, mas controlá-la, afinal, ela fornece combustível para que alguém corra atrás dos seus sonhos.

Saiba que é normal ficar nervoso e estressado, principalmente no começo de uma nova carreira. Porém, se essa ansiedade te dominar, as chances de cometer erros crescem exponencialmente.

Uma dica para seguir em frente mesmo estando nervoso, é pensar em sempre ajudar. Sempre ajudar os colaboradores e os clientes. É nessa troca que as relações são construídas.

Com uma relação sólida com a sua equipe, você sempre terá suporte quando as coisas complicarem. Conquistando a confiança dos clientes, as vendas costumam fluir como água.

Mas não esqueça: seja honesto (a). Não estamos falando para você entrar em um personagem, pois toda encenação é insustentável no longo-prazo. Faça isso de modo genuíno.

2. Invista no seu capital



O sociólogo Pierre Bourdieu criou os conceitos de capital social, econômico, cultural e humano. Recomendamos que você estude esse tema para aprimorar as suas habilidades de se relacionar com os outros. Essa é a maior fonte de riqueza.

Em síntese, esses tipos de capital são a maneira como somos vistos pelo mundo. Algumas pessoas discordam, mas um corretor que fala e escreve corretamente, é bem apessoado e se veste com estilo, atrai mais atenções, por consequência, gera mais resultados.

Paralelamente, os capitais cultural e humano são aqueles que dizem respeito aos seus conhecimentos e habilidades. Portanto, nunca deixe de estudar sobre a área e sobre os produtos que você está vendendo.

3. Cliente primeiro, comissão depois



Um dos maiores erros que um corretor iniciante pode cometer é ver cada pessoa como uma comissão. Tenha em mente que a recompensa monetária deve ser a sua última prioridade. Ninguém nega que ela é importante, mas não se esqueça: quem trabalha demais não tem tempo de ganhar dinheiro!

Quando o seu cliente sai inteiramente satisfeito da negociação, fechando um contrato ou não, as chances de ele passar o seu contato para os conhecidos é exponencialmente maior.

Atenda o seu cliente com o máximo de cuidado, de modo a criar confiança e atender às suas demandas de maneira muito específica.

Nada de tentar empurrar produtos que ele não deseja, combinado?

4. Tenha um planejamento financeiro



Quando um corretor publica o anúncio, imóveis de luxo à venda, já começa imaginar as altas comissões que pode receber. No entanto, o mercado imobiliário é composto por ciclos de altas e baixas.

Dessa maneira, é fundamental contar com um planejamento financeiro consciente. Primeiro, crie a sua reserva de emergência que permita a sua sobrevivência por seis meses sem salário.

Provavelmente isso não acontecerá, mas saiba que a mente ficará muito mais tranquila sabendo que há essa reserva, e essa paz não tem preço!

Gostou desse conteúdo? Acesse esse link e saiba como se tornar um Corretor associado Enjoy Imóveis

loading...
carregando
Atendimento Online

Insira seus dados e inicie uma conversa