Conheça os desafios e soluções de moradia em época de quarentena

31/07/2020

 

Com o avanço da pandemia da Covid-19, é quase impossível pensar em realizar uma mudança enquanto algumas restrições ainda estão ativas e o distanciamento social continua sendo a melhor forma para evitar a propagação do vírus.

No entanto, mesmo com a adversidade desse período, imobiliárias continuaram trabalhando para atender proprietários e inquilinos que precisam alugar imóveis durante a quarentena.

Enfrentando um dos maiores desafios do setor imobiliário e tendo que buscar novas soluções para a continuação de um atendimento personalizado e uma entrega em segurança, empresas vão encontrando brechas para evitar mais uma desaceleração dos negócios.

 

Moradia em época de quarentena: desafios e soluções

 

Em um primeiro momento, a ideia de realizar uma mudança em plena pandemia pode ser extremamente desanimadora, entretanto, há casos de quem precisa realizar esse processo, mesmo correndo riscos e precisa passar por uma verdadeira prova de fogo.

Juridicamente, nada impede que a pessoa realize uma mudança, tendo que atender apenas as normas do condomínio e do distanciamento social. Dessa maneira, para as imobiliárias, surge o primeiro desafio: o bom atendimento online.

Com escritórios fechados ou funcionando em horários bastante reduzidos, as imobiliárias precisaram adequar suas rotinas para a internet, prestando o suporte necessário durante a negociação do imóvel e o seu repasse.

Embora desafiador, os resultados têm sido mais positivos do que o previsto por especialistas no início da crise pandêmica.

Um artigo publicado pela UOL em junho, acompanhou o relato da fotógrafa Fernanda Cirelli, que teve que se mudar com urgência no início da pandemia e com restrições de circulação.

A correria valeu a pena, mas Fernanda relata sobre os preços mais altos para realizar a mudança, além do aluguel que está desembolsando. O depoimento da moradora de São Paulo, traz mais um desafio enfrentado pelas imobiliárias, alta de valores e possíveis quebras de contrato.

A quebra de contrato vem sendo um grande problema, uma vez que nenhuma lei ainda foi aprovada para salvaguardar os direitos previstos por ele, evitando, assim, prejuízos para as partes envolvidas na negociação.

Com a renda prejudicada pela pandemia, algumas famílias têm tido dificuldades para negociar a redução do aluguel, em uma tentativa de diálogo e que evite ao máximo o desgaste de uma briga jurídica.

Dessa maneira, o setor imobiliário tem tentado pensar em soluções para preservar o direito à moradia desses inquilinos e entender o período de força maior, da melhor forma possível.

Outra solução que vem gerando resultados para o setor, é a oferta do serviço 100% online, com análise de crédito descomplicada e assinatura rápida de contrato. Com a dinâmica acelerada, as imobiliárias esperam conseguir prevenir os clientes, seguindo todos os protocolos referentes a saúde.

As soluções podem ainda abrir um novo caminho de negócios para o setor, principalmente em cidades que já investem nas imobiliárias como um chamativo para novos potenciais moradores da região, ajudando no seu desenvolvimento econômico.

Acesse nosso site e conheça melhor nossas práticas de trabalho durante a pandemia, sempre prezando pela segurança e confiança de todos os nossos clientes no momento de adversidade.

loading...
carregando
Atendimento Online

Insira seus dados e inicie uma conversa