Saiba como registrar seu imóvel e o valor da taxa

02/12/2020

Você procurou, encontrou e finalmente está de imóvel novo, o que é muito bom! A partir de agora você poderá pensar em decoração e imaginar o seu futuro vivendo lá, mas antes de fazer as malas para ingressar em seu novo lar doce lar é preciso fazer o registro do imóvel como sua propriedade. Neste artigo vamos explicar como registrar o seu imóvel e o valor da taxa que precisa ser paga para os órgãos responsáveis.

Por que registrar seu imóvel


Após encontrar, negociar e então decidir-se por comprar um imóvel é preciso registrar seu novo bem. Essa etapa garante a formalização do negócio e a transferência da propriedade do antigo dono para você, novo proprietário. Ou seja, é uma parte burocrática, porém essencial para garantir que o imóvel é uma propriedade sua.
Ao fazer a negociação com o auxílio de uma consultoria experiente e segura você será orientado sobre os processos necessários para realizar o registro do imóvel.
Antes de registrar um imóvel você precisará ter os documentos que comprovem que não há divididas de IPTU nos últimos 20 anos ou outros débitos. Afinal, é importante que o imóvel esteja sem dívidas ou entraves judiciais para que você possa comprá-lo com a tranquilidade de não se envolver em problemas legais.

Quando fazer registro do imóvel e qual o valor da taxa


Após a assinatura da escritura do imóvel, que é o documento que é feito para transferir a propriedade, é preciso encaminhar toda a documentação para o cartório de registro de imóveis. Além dos documentos sobre o imóvel, também precisam ser encaminhadas cópias da documentação do comprador e do vendedor da propriedade.
A escritura só pode ser feita após o pagamento do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens e Imóveis), que custa de 2% a 4% do valor total do imóvel. Ou seja, se o seu imóvel custa R$ 200.000 sua taxa será de cerca de R$ 8.000.
Mas, há um programa em vigor no Brasil que confere até 50% de desconto nas taxas quando se está adquirindo o primeiro imóvel, usando o SFH (Sistema de Financeiro de Habitação) ou programas como o Casa Verde e Amarela.
Com a escritura pronta, o proprietário ou seu consultor representante irá ao cartório de imóveis para fazer o registro, o que incidirá e mais uma taxa que é variável em cada estado do país.
A título de comparação, para um imóvel situado em São Paulo, que tenha seu valor venal calculado em R$ 100.000, o valor da taxa para registrar o imóvel será em torno dos R$ 1.000.

Contar com especialistas pode facilitar


É possível que o comprador faça esse processo por conta própria, mas por ser cheio de detalhes e visitas a diversos órgãos diferentes, é muito mais fácil contar com uma consultoria imobiliária especializada que já tem muita experiência nessas trilhas.
Então, além de ter o valor do imóvel, lembre-se de separar uma parte para as taxas e depois é só aproveitar a realização dessa nova conquista!
Para conhecer seu próximo imóvel acesse todas as ofertas disponíveis em nosso site e em nosso blog você encontra mais informações sobre cada etapa necessária para formalizar a compra do seu imóvel novo.


loading...
carregando
Atendimento Online

Insira seus dados e inicie uma conversa